Sabesp divulga nota sobre 'coquetel' de agrotóxicos encontrado em água no estado de São Paulo
Monte Alto Agora
Clube FM17/04/2019 - 15:27
Sabesp divulga nota sobre 'coquetel' de agrotóxicos encontrado em água no estado de São Paulo

 

Após uma matéria que informa que um "coquetel" que mistura diferentes agrotóxicos foi encontrado na água de mais de 500 municípios do estado de São Paulo, a Sabesp divulgou uma nota rebatendo o texto.

Segundo a nota, a Sabesp "realiza monitoramento de agrotóxicos semestralmente conforme exige a Portaria de Potabilidade vigente e não tem encontrado ocorrências de agrotóxicos ao longo dos anos".

Ainda de acordo com a empresa, a matéria foi baseada em dados públicos do SISÁgua e, até dezembro de 2018, as informações eram digitadas pelos departamentos municipais de vigilância sanitária a partir dos laudos que eles recebiam da Sabesp. "Isso pode ter ocasionado erros de digitação que não foram corrigidos no sistema antes da publicação da matéria", explica a nota.

Desde janeiro de 2019, a Sabesp está enviando os resultados semestrais de forma eletrônica diretamente para o SISÁgua, sem passar pelos departamentos municipais. "A partir dessa data esses erros de digitação também não existirão mais para os nossos sistemas", ressaltou a Sabesp.

Também de acordo com a nota, a comparação feita com a legislação europeia não é adequada para o caso do estado de São Paulo. "A metodologia para definir limites legais na União Europeia é tão diferente do resto do mundo que ela nem é utilizada como referência para a nossa legislação. Quando a nossa Portaria de Potabilidade é revisada pelo Ministério da Saúde, são utilizadas como referência as legislações norte-americanas (EPA), canadenses, australiana e a própria Organização Mundial de Saúde (OMS). Legislações que nem foram citadas nessa matéria e que utilizam o mesmo método de análise aplicado no Brasil", termina a nota, que pode ser lida na íntegra abaixo. 

Sobre Monte Alto, a Sabesp explicou que a cidade é totalmente abastecida por águas subterrâneas captadas de poços profundos ligados ao aquífero Guarani, que possuem entre 581 e  840 metros de profundidade.

A empresa ainda afirmou que coleta e faz ensaios em seus laboratórios em Lins e São Paulo, e garante que nunca detectou problemas de toxidades. A frequência dos ensaios é definida pela portaria 2914 e consolidação nº 05.

A Sabesp de Monte Alto possui o histórico dos resultados obtidos nas coletas de cada poço de captação. Caso haja interessados a avaliar os laudos de potabilidade de água, favor entrar em contato com a Sabesp através do telefone (16) 3242-1318 e solicitar agendamento para esclarecimentos. "A empresa lamenta a divulgação dos dados e informa que houve erros de alimentação no sistema SISÁgua ou falhas na interpretação dos resultados", comentou a equipe técncia de Monte Alto. 

 

 

 



Monte Alto Agora
Compartilhe
Share
Monte Alto Agora



Voltar
Monte Alto Agora
Monte Alto AgoraComente esta notícia
Seu Nome: Seu e-mail (opcional):
Comentário:  
Enviar dadosCarregando
Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluidos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Nenhum comentário para esta notícia ainda. Seja o primeiro a comentar!
Últimas notícias Últimas notícias


Monte Alto Agora  Tel.: (16) 3241-3959/ 9994-1303 Monte Alto Agora contato@montealtoagora.com.br Siga Monte Alto Agora no TwitterVeja nossa página o Facebook Página inicial | Quem somos | Anuncie | Contato
É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita DOS ADMINISTRADORES DO PORTAL DE NOTÍCIAS Monte Alto Agora © 2019   site: an|design