Monte Alto registra morte de macaco por febre amarela
Monte Alto Agora
Clube FM05/12/2016 - 12:56
Monte Alto registra morte de macaco por febre amarela
Macacos da espécie Bugio/Foto:Txai Studios - Fabio Torres

 

A Vigiância Sanitária e Epidemiológica de Monte Alto confirmou a morte de um macaco por febre amarela. A informação veio de um laudo datado de 26 de novembro, do departamento de Animais Silvestres da Unesp de Jaboticabal.

Segundo a diretoria do departamento, Kellem Ruellas, o proprietário de um sítio no bairro Areias entrou em contato com a Secretaria de Saúde para informar sobre um macaco Bugio doente. O animal foi levado para o departamento de Animais Silvestres da Unesp de Jaboticabal com vida, mas morreu dias depois. Feitos os exames, foi detectado que ele estava contaminado com febre amarela.

Desde que ficou comprovado que o macaco morto estava com febre amarela, a Vigilância vem fazendo bloqueios nas áreas rurais. "Nossa orientação é mapear 30 km de circunferência a partir do local onde foi descoberto o macaco que morreu", lembrou Kellem. Aqueles que moram nesses locais estão sendo orientados a prevenir os focos do Aedes aegypti, que também transmite a dengue, e quem não tomou a vacina da febre amarela está sendo vacinado.

A orientação vale até mesmo para crianças com seis meses - em situações normais, bebês a partir de nove meses são vacinados contra a febre amarela. "Estamos vivendo uma situação endêmica (quando uma doença ocorre apenas em um determinado local ou região), por isso todo cuidado é pouco, explicou Kellem. Quem tem alguma dúvida se já é imunizado contra a febre amarela ou necessita da vacina deve se dirigir à unidade de saúde mais próxima de sua casa. A rede pública de saúde disponibiliza a vacina contra febre amarela.

A equipe da Vigilância Sanitária ainda falou sobre os cuidados que o munícipe deve ter se encontrar algum macaco doente: ligar para 199 e deixar que o Corpo de Bombeiros lide com o animal. "Jamais encostar ou tentar fazer alguma coisa por conta própria com o animal", ressaltou Kellem.

Evitar o contato com animais doentes é importante para não proliferar a doença, mas, como afirmou a equipe da Vigilância, a prevenção ainda é a melhor solução: eliminar todo criadouro do mosquito Aedes aegypti.



Monte Alto Agora
Compartilhe
Share
Monte Alto Agora



Voltar
Monte Alto Agora
Monte Alto AgoraComente esta notícia
Seu Nome: Seu e-mail (opcional):
Comentário:  
Enviar dadosCarregando
Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluidos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Comentários
Monte Alto Agora
jão
D. Kellen, o que devo fazer?? Levar na Unimeds
05/12/2016
Monte Alto Agora
Últimas notícias


Monte Alto Agora  Tel.: (16) 3241-3959/ 9994-1303 Monte Alto Agora contato@montealtoagora.com.br Siga Monte Alto Agora no TwitterVeja nossa página o Facebook Página inicial | Quem somos | Anuncie | Contato
É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso sem autorização escrita DOS ADMINISTRADORES DO PORTAL DE NOTÍCIAS Monte Alto Agora © 2017   site: an|design